Fundação

Como nasceu a Comunidade Mar a Dentro

Antônio Dilben, fundador da Comunidade

“Faze-te ao largo e lançai as vossas redes para a pesca!” (Lc 5,4). Em 1990 um grupo de jovens e adultos, militares e civis, oriundos da RCC, uniu-se a partir do trabalho de evangelização realizado por Antônio Dilben Rabelo Fleming na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, RJ, a convite do então Capelão da AMAN, Pe. Duílio Antônio Antonini. Iniciava-se então, tendo como Fundador o próprio Antônio Dilben, a Comunidade Mar a Dentro. Logo, por graça e vontade de Deus, os trabalhos de Evangelização atingiram também as famílias.

Inicialmente a Comunidade nasce como uma Comunidade de Aliança e, dois anos mais tarde, inicia-se a Comunidade de Vida Mar a Dentro, composta exclusivamente por celibatários: homens e mulheres a serviço da Igreja de Cristo. A Comunidade de Aliança juntamente com a Comunidade de Vida formam uma só família Mar a Dentro.

Nascemos com o desejo de compartilhar a fé, de constituir uma comunidade evangelizadora que fosse capaz de contribuir com a união das mais diversas expressões da Igreja e fazer, assim, resplandecer entre todos os povos a beleza da Igreja de Cristo. Desta forma, percebemos que o Senhor nos dera um carisma específico, um dom, uma vocação a ser vivida na Igreja e para a Igreja.

Homens novos, humanidade nova

Vimos que a Evangelização e a Formação eram como alavancas na experiência do carisma, uma binômio que nos remete a espiritualidade de discípulos missionários expresso anos depois no Documento de Aparecida. Atendendo ao apelo do papa Paulo VI, na Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi, que nos convoca à evangelização dizendo que “não haverá humanidade nova, se não houver em primeiro lugar homens novos, pela novidade do batismo e da vida segundo o Evangelho” e ainda que “a finalidade da evangelização é precisamente a mudança interior”, percebemos que o Senhor nos chamara a sermos educadores de homens novos e mulheres novas para um mundo novo. Nosso chamado se fizera em Lucas 5, 4, na Pesca Milagrosa, e lá entendemos que Ele nos mandava ir “Mar a Dentro”, “Duc in Altum”, para pescar-Evangelizar e assim educar-Catequizar (cf. Sacramentum Caritatis, 64c) a fim de que homens e mulheres se tornassem novos e renovados pelo Sangue do Cordeiro de Deus. Assim temos caminhado durante esses mais de 20 anos de Fundação, na busca de uma constante fidelidade e escuta perene ao chamado do Senhor.

 

Print This Page
Comunidade Católica Mar a Dentro – Discípulos e Ministros da Obediência e da Paz
E-mail: maradentro@maradentro.com.br ✺ Tel: (+ 55) 17 – 3222-4436

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados