Palestra com Frei Patrício Sciadini na Comunidade Mar a Dentro

frei-patricio-240pxlEm comemoração aos 500 anos de Nascimento de Santa Teresa de Jesus a Comunidade Católica Mar a Dentro realizou no dia 8/9 a palestra “Santa Teresa d’Ávila: Missionária e Fundadora”, ministrada pelo Frei Patrício Sciadini, religioso, Carmelita Descalço, profundo conhecedor da espiritualidade carmelitana e um apaixonado por Santa Teresa d’Ávila, que nos proporcionou imensa alegria com sua sabedoria e generosidade. Iniciou falando-nos que o tempo é o Kairós de Deus, o momento do encontro com ele, nossa luz e salvação. E que cada um de nós entra no tempo não “por casualidade”, mas por amor. Somos palavras de Deus feita carne, uma exegese viva, uma bíblia que todos, até os analfabetos, podem ler com tranquilidade, à luz das obras. A árvore, nos diz Jesus, se vê pelos frutos. Teresa de Ávila é uma árvore boa, frutífera, que depois de 500 anos que foi plantada na terra de Ávila, estendeu seus ramos e raízes pelo mundo afora, e continua a produzir frutos e abundantes. Chamou-nos a atenção de que o testemunho de Teresa não são as palavras, elas estão todas nos dicionários do seu tempo e do nosso tempo, é a vivência, a encarnação na vida. Alertou-nos que quando nos colocamos a caminho é bom ter presentes três sinais que nos ajudam a não errar o que queremos alcançar: De onde partimos? Onde queremos chegar? Quais os meios que devemos usar? No nosso caso partimos de uma realidade histórica, social e eclesial, longe de nós, mas que em certos aspectos Teresa vive as mesmas tensões e dramas humanos, sociais e eclesiais. Ela também se questionava o que fazer. Não podemos repetir os mesmos erros, podemos dar testemunho e ser cristãos em todas as realidades da vida.

Mostrou-nos como o ideal vocacional de Teresa foi lentamente se abrindo em sua frente… como um mantra constante desde a sua infância… “QUERO VER A DEUS!” Teresa estava determinada a ser totalmente de Deus. Teresa não queria uma vida de “mediocridade”, buscava a verdade e a verdade sempre tem a força de libertar-nos de nós mesmos. Depois de um largo caminho de escuta de Deus decide ser “Santa”.

Falou-nos sobre seus escritos, fundações e as pessoas que a ajudaram nessa caminhada. O Castelo Interior, obra máxima de espiritualidade, onde ela fala de Deus falando de si e que Deus não está fora de nós, mas dentro de nós. Disse que as condições de Teresa eram poucas, mas alicerçadas no amor a Deus e aos outros, no desapego de si mesma e na humildade.

Contou-nos que o Papa Francisco colocou em evidência quatro caminhos de Teresa que são evangélicos: a alegria, a oração, a vida fraterna e a missão.

Destacou-nos três ideias para refletir e viver melhor a nossa vida: começar e recomeçar sempre; cantar as misericórdias do Senhor. Especialmente neste Ano Santo da misericórdia (V 14,10 e C 40,5); e a missionaridade da oração, os meios mais eficazes são sempre a nossa disposição para anunciar o evangelho e converter os outros, e a oração. Alertou-nos de que nunca podemos descuidar da oração.

Rosangela Gonçalves Ribeiro
 da Comunidade Nossa Senhora do Carmo e Santa Teresa de Jesus – OCDS

Todas as quartas feiras Rosângela conduz um grupo de estudos
sobre Santa Teresa d’Ávila no CEFA, em São José do Rio Preto – SP.
Para mais informações, entrar em contato pelo tel. (17) 3222-4436

Print This Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comunidade Católica Mar a Dentro – Discípulos e Ministros da Obediência e da Paz
E-mail: maradentro@maradentro.com.br ✺ Tel: (+ 55) 17 – 3222-4436

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados